MP NAS PREFEITURAS DO LITORAL
MP Ministério Público cumpre mandato de busca e apreensão nas prefeituras de Tramandaí, Imbé, Cidreira e Balneário Pinhal, por suspeita de propina na compra de insumos contra Covid 19. Segundo o Ministério Público, está ocorrendo uma investigação desde o ano passado, pois recai sobre empresários, funcionários e gestores a suspeita de pagamento de propina para a compra de insumos de combate a Covid 19. O esquema era mantido para fraudar as licitações em alguns municípios do litoral e da região metropolitana. Onde o objeto principal era a venda de álcool gel adulterado, para isso a empresa pagava a propina e recebia os preços da concorrência para depois propor os seus e assim facilitar a colocação do seu produto adulterado. A investigação está adiantada e depois das buscas e apreensões de hoje, os resultados finais estão próximos anuncia o MP.

   





TEM DELEGADO NOVO E PROJETO ESPECIAL PARA A MULHER DE CIDREIRA!

O Delegado Ernesto Luis Clasen, passa a comandar a Delegacia de Polícia Civil de Cidreira e recebeu as boas vindas do prefeito Alex. Na ocasião o Delegado Ernesto Clasen destacou o projeto “Sala das Margaridas” que é um projeto de acolhimento às mulheres em situação de violência. Cotando com um espaço específico, na delegacia para criar um ambiente mais acolhedor e que garanta a privacidade das vítimas. Além do acolhimento às mulheres é possível realizar o registro da ocorrência policial, oitivas, solicitações de medidas protetivas de urgência e demais encaminhamentos previstos pela Lei Maria da Penha. Sempre com o acompanhamento de uma policial. A implementação da Sala das Margaridas é uma iniciativa que qualifica o atendimento da da mulher de Cidreira. Através da Sala das Margaridas, a Delegacia de Cidreira também pretende implantar o Cartório de Vulneráveis, espaço específico para a oitiva de pessoas em situações de vulnerabilidade, incluindo as comunidades LGBTQI+. A Polícia Civil quer firmar uma grande parceria com o CRAS de Cidreira para encaminhar e acompanhar as vítimas, através de assistência social e psicológica."

.




UM MAR DE DANÇAS
Nossa gente da Casa da Cultura do Litoral e do Ponto de Cultura Flor da Areia participa do projeto Mar de Danças com o Boizinho da Praia! A data de lançamento do nosso documentário Um mar de danças. Dia 15 de maio, às 17h vamos poder apresentar a todos e todas esse projeto que foi realizado com muito esforço, carinho e dedicação envolvendo mais de 150 participantes e revelando as danças do litoral norte. Antecipamos nossa gratidão a todos participantes envolvidos nessa construção inédita. Parabéns a todos e todas que lutam para manter viva nossa arte por todos os recantos desse planeta


RODA DE MESTRAS E MESTRES DA CULTURA VIVA DO RS
Nossa Roda de Mestras e Mestres da Cultura Viva é uma iniciativa da Comissão de Pontos de Cultura do RS e do Comitê Cultura Viva do RS e acontece durante o 10º Fórum dos Pontos de Cultura do RS. Nossa Roda de Mestres é Mestras, além da força da magia da presença de cada um, e do coletivo, se dá no sentido de lançar palavras de fortalecimento em favor e para a luta dos Pontos de Cultura de todo o Estado do RS, neste difícil momento de pandemia. Entendemos que nossos Mestres e Mestras são tesouros vivos, e a partir da salvaguarda, dos saberes e fazeres, e do lugar de fala de cada Mestra e Mestre, buscamos avançar no coletivo para que sejamos frutos e sementes da resistência, e através dela possamos construir pensamentos e caminhos que nos conduzam à um florescer amplo, livre, digno e de paz para todes.
Desta forma agradecemos a participação de cada Mestra e Mestre na nossa Roda.
Mestre Ivan Therra
Ponto de Cultura Flor da Areia
Praia da Cidreira.


Foto: Matiuza Weiss
HOMENAGEM AO LUCIMAR
Bombeiros, surfistas, músicos da banda municipal e amigos se reuniram na guarita para fazer uma homenagem derradeira ao salva vidas, surfista e músico da banda municipal Lucimar Eberhardt.
Por ser cria da nossa praia e pelo seu jeito cativante, Lucimar sempre foi muito querido por todos que o conheciam. Os círculos formados pelos equipamentos dos salva vidas, pelas pranchas de surf e ao som dos trompetes da banda municipal desenharam esta justa e dolorida homenagem das comunidades de nossa cidade ao salva vidas de Cidreira.


Foto: Simone Gonçalves

PREFEITURA ATENDE CHAMADO DA COMUNIDADE!
A secretaria de Obras de Cidreira, prontamente atendeu aos chamados feitos através dos espaços de mídia do nosso Jornal O Marisco. Tão logo soube da necessidade da comunidade de Salinas, que tinham uma duna avançando por sobre a rua e chegando na porta das casas, a secretaria de obras imediatamente deslocou a nova carregadeira para o local e já iniciou a remoção do excesso de areia, e preservando a duna primária. O prefeito Alex esteve no local e solicitou um estudo urgente, de manejo das dunas, para a equipe da secretaria do meio-ambiente.

 


Foto: Marcelo Cabrera
UM MAR DE DANÇAS
O Ponto de Cultura Flor da Areia foi especialmente convidado para apresentar o "Boizinho da Praia" neste projeto que reúne danças e dançantes da região praieira gaúcha. “Um Mar de Danças” – cartografias do litoral norte, é um documentário sobre as manifestações de dança no litoral norte gaúcho e foi contemplado no Edital Sedac nº 09/2020 com recursos da Lei Aldir Blanc, sendo resultado da parceria do Estúdio de Dança Tati Missel e do coletivo Pomar Poético idealizado pelo artista Marcelo Cabrera. O Projeto tem produção de Jane Carvalho/ RRPP Eventos.

Foto da comunidade
DUNAS NA PORTA DE CASA
A comunidade da Rua Valdir Azevedo em Salinas, está novamente pedindo à prefeitura que faça a remoção das dunas primárias que avançaram por sobre a rua, chegando até o portão das residências, impedindo totalmente o acesso com veículo por aquela rua. O vento nordestão, naturalmente, vai alimentando de areia, para compor as dunas primárias, secundárias e terciárias. Como o imóvel está na beira, naturalmente, volta e meia sofrerá as consequências de estar no caminho dos ventos e das areias.


Foto: Rafael Rocha

COM A CHAVE DE CASA
O prefeito Alex Contini, juntamente com o secretário de Assistência Social, Cris Martins, entregaram as chaves da casa própria para oito famílias da nossa cidade. Estas famílias estavam pré-cadastradas neste projeto de casas populares desenvolvido pela prefeitura e que enfrentou uma séria de questões, mas que finalmente está liberado e as casas estão sendo entregues para as famílias cadastradas. Ainda nesta semana o prefeito vai entregar a chave de mais quatro casas, sendo que as demais estão em processo de chamado dos cadastrados.

 


Foto: Carmen Burgel

SEU PIRU PIRU

O verão se foi e a nossa praia começa a receber os seus ilustres visitantes de inverno. Um dos mais frequentes na nossa beira é o Piru Piru, um pássaro de porte pequeno, com um bigo avermelhado que anda aos bandos, muitas vezes junto com os Pernilongos e Gaivotas. Seu Piru Piru faz uma longa viagem desde o sul da América Latina até o norte da America do Norte, tendo populações em toda a costa americana. O Piri Piru põe seus ovos nas dunas e fica os protegendo até que descasquem os filhotes. O Piru Piru se alimenta de conchas, cracas e moluscos que vivem na beira, se movimentam conforme as ondas para obter a sua alimentação.

 


Foto: Lucas Dimer

FESTIVAL DE MÚSICA DE RUA

A Mestra Pesquisadora Lizzi Barbosa, teve o seu projeto de música praieira contemplado no Festival de Música de Rua e participou de oficinas de produção musical que trouxeram as muitas possibilidades de reinvenção em tempos de pandemia, bem como outros olhares sobre os fazeres na construção da carreira artística musical. A Mestra Lizzi Barbosa apresentou em parceria com outros colegas músicos, também contemplados no Festival, uma live mostrando composições autorais, identificadas com a região praieira gaúcha, assim como o misterioso toque das caracolas marinhas, um trabalho de pesquisas focado nas sopradoras de conchas dos povos originários da Latino América.

 

SALVA VIDAS DESAPARECE NO MAR

Infelizmente foi encontrado o corpo do Salva Vidas e Pescador da Praia Lucimar Eberhardt, que entrou no mar ontem, segunda, 12/04, pela manhã, para tirar umas redes do mar. O mar estava revolto, mas Luciano que é cria da praia e bastante conhecido por todos da nossa comunidade era muito bom de nado. Lucimar era um peixe dentro d´água diziam os amigos. Entrou e não voltou mais. O mesmo mar que foi motivo de toda a sua vida, e que o levou para vários lugares do mundo, agora o levou. Valeu Lucimar!


Ano: 2003 / 2006
Edição: 01 / 62

Ano: 2007 / 2010
Edição: 63 / 150

Ano: 2011 / 2014
Edição: 151 / 189
Ano: 2015 / 2018
Edição: 190 / 229
Ano: 2019 / 2021
Edição 230 / ...


O Jornal O Marisco é uma ferramenta de comunicação comunitária da Casa da Cultura do Litoral. O objetivo do Jornal O Marisco é registrar, espraiar e abrir espaços de manifestação para as demandas culturais e sociais das comunidades da beira. O Jornal O Marisco tem 18 anos de praia e nesta caminhada conquistou dois Prêmio Cultura Viva, sendo atividade cultural de eco comunicação comunitária reconhecida pelo Selo do MINC - Ministério da Cultura.

Whats: 51.99981.5593 / Email: jornalomarisco@gmail.com

Cultura é a nossa Praia!